Caso não consiga visualizar clique no link http://www.atenderbem.com.br/boletim/2009/informativo_241.htm

Boletim periódico - Semanal
Assinantes: 19859
Assine - É GRATIS!
 
Blog Débora Martins

Retrospectiva 2008

Ué, já começou? O ano passado voou, não foi?
Então, feliz ano novo! Você já sabe que lhe desejo muita paz, saúde e prosperidade para 2009, não é? Amigo, estou muito feliz, pois coisas incríveis aconteceram em 2008...leia mais

 
Minuto Atender Bem - Vídeos
 
Blog Mulheres com QI

A maldade nossa de cada dia

No meu tempo de ingenuidade (que, graças a Deus, já passou), lançava sobre as pessoas um olhar puro. Acreditava que eram fiéis e verdadeiras...leia mais

 
Cursos em CD-ROM
 
Fracto soluções em Data Center
 
Saudade é ser, depois de ter”.
 

- Guimarães Rosa

 
 
Editorial
12/ janeiro/ 2009 - 241° edição - Ano VII
Assinantes ativos 18066

Olá! Profissional,

Nosso sétimo ano
Estou morta de saudades de você. Ops! Sendo assim, o que está lendo agora é uma psicografia. Então...

Acho que o próximo passo é puxar seu pé... Hahaha! Brincadeiras à parte, a questão é que nossa convivência se tornou tão prazerosa que apenas duas semanas de ausência parecem uma eternidade. E, falando em prazer, como foram suas festas? Hum... Até imagino a comilança. Espero que tenha se divertido e esteja pronto para mais um ano de trabalho, pois parece que este será um daqueles em que a gente não pára um segundo. Mas, mesmo assim, em meio a tantos compromissos iniciais e incertezas econômicas, ainda podemos nos contagiar com esse clima de esperança e bom humor, não é?
Talvez seja possível voltar a ter esperança num mundo de paz.
Enfim, este primeiro editorial é para agradecer por estarmos juntos e lembrá-lo de que temos um compromisso: nos ajudarmos mutuamente rumo ao crescimento pessoal e profissional.

Um forte abraço!

Débora Martins
Editora de conteúdo
Fale comigo

 

Artigo da Semana

Copiadores de idéias

por Débora Martins

De que me adianta visitar o site X para ler a mesma notícia que foi publicada no site Y? Ah... Mas, estou sendo injusta, afinal, no site Y foi postada por outra pessoa. Quanta originalidade! Sem contar o fato dos direitos autorais, estes completamente negligenciados, mas tudo bem...Tudo bem uma ova!

Desculpe, leitor, porém creio que as pessoas precisam voltar a ter suas próprias idéias. Não dá pra viver como se fosse na novela, em que as pessoas entram gritando num escritório, transam em cima da mesa de reunião e, dissimuladas, tramam tomar a presidência da empresa. Sim, já ia me esquecendo: todo mundo loirinho e na moda, é claro.

Gente, o negócio é sério. Durante toda a minha trajetória profissional, nunca vi tanto desrespeito ao conhecimento alheio como nos dias de hoje. Tem gente que parece zumbi, copia e cola um punhado de caracteres sem ao menos compreender o discurso do texto que subtraiu. Falta de estrutura cognitiva, auto-sabotagem ou ingenuidade?

Indignação? Não, já passei dessa fase. Sou educadora, e o que realmente me importa não é a questão da propriedade intelectual propriamente dita, afinal a informação deve circular. O grande problema está no empobrecimento relativo à capacidade do indivíduo em transmitir algum valor real para o ambiente em que interage.

Antigamente, quando tínhamos alguma dificuldade, como escrever, por exemplo, o que fazíamos? Buscávamos ajuda. Aprendíamos.

O mais cabalístico é que não estamos falando de pessoas desinformadas, não. São gestores de empresas que passam aos seus subordinados um amontoado de informações sem estabelecer critérios de veracidade e aplicabilidade.
Daí o subordinado segura a folha de papel de diz: "O que isto tem haver com nosso trabalho mesmo? Acho que o chefe é quem deveria ler isto".

Pera aí. Será que o chefe leu antes de distribuir?

Comunicar é socializar. Não é apenas passar uma informação adiante, mas explicar no que esta pode ser útil dentro do nosso contexto e, sobretudo, beber de uma fonte da qual, no mínimo, respeitamos o autor.

 
Este e-mail é enviado de acordo com o "Guia de Boas Maneiras" para e-mail
marketing da ABEMD - Associação Brasileira de Marketing Direto. Clique no
link para conhecê-lo: http://www.abemd.org.br/boasmaneiras.htm

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Débora Martins palestra gerenciando relações

Indique